quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Equipes da Secretaria de Obras realizam serviço de limpeza urbana na Avenida JK



     
       A Prefeitura de Águas Lindas de Goiás, por meio de sua Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, realizou o serviço de limpeza de ruas no bairro Jardim Brasília, na manhã desta terça-feira (5). As equipes da Secretaria de Obras realizaram a retirada do excesso de terra no asfalto em toda a extensão da Avenida JK. 
Obras avançam no Hospital Regional de Águas Lindas


Obras do HUGO 9
         As obras do Hospital Regional de Águas Lindas de Goiás – HUGO 9 estão em fase de acabamento e até o final deste ano devem ser concluídas. Para o prefeito Hildo do Candango, o hospital é um empreendimento público monumental e de suma importância para a população.                    “Trabalhamos com dedicação para que essa obra fosse resgatada. O objetivo é colocar Águas Lindas como destaque na saúde pública do Entorno”, disse o prefeito.
       O Hospital contará com pronto-socorro, 30 leitos de UTI (10 adulto, 10 pediátrico e 10 neonatal), oito salas no centro cirúrgico, incluindo atendimento de obstetrícia, num total de 137 leitos. Os trabalhos são monitorados pelo Ministério Público, governos federal, estadual e municipal. Os relatórios são produzidos e as suas devidas intervenções são feitas para o bom andamento da obra.
         “Com as estratégias definidas, a Prefeitura e o governo do estado agora têm tudo para concluir esta obra que atenderá a centenas de milhares de pessoas e deve amenizar a situação desta grande comunidade formada pelo Entorno do Distrito Federal”, concluiu Hildo.

Enfrentamento e prevenção ao uso de drogas são metas prioritárias, diz Aleandra Sousa


      Uma das medidas adotadas pelo prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango, foi apoiar a secretária Municipal de Assistência Social, Aleandra Sousa, na busca de parcerias com a Universidade de Brasília, o Ministério da Justiça, o Governo do Distrito Federal e outros órgãos estaduais e federais para enfrentar e prevenir o uso de drogas na cidade. 
      “Nossos esforços são voltados, principalmente, ao tratamento da dependência de crack, álcool e outras drogas, além do aperfeiçoamento dos profissionais de saúde e assistência social.
      Esta é uma de nossas metas prioritárias”, disse a secretária de Assistência Social, Aleandra Sousa.
      Os cursos de capacitação fazem parte das metas previstas no Programa “Crack, é possível vencer”, da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD), do Ministério da Justiça. No decorrer da programação, os cursos oferecidos abordam temas como conceito de drogas e seus padrões de uso, intoxicação aguda, uso crônico, dependência, uso nocivo, abstinência, redução de danos, epidemiologia do uso de drogas no Brasil e no mundo e os principais quadros clínicos - psicopatológicos.
       Os cursos são executados, geralmente, pelo Centro de Referência sobre Drogas e Vulnerabilidades Associadas, da Universidade de Brasília e são direcionados aos funcionários dos CRAS, CREAS, CAPS e de postos de saúde. Os trabalhos buscam a integração e articulação da rede de cuidados, composta pelos diferentes serviços de saúde e assistência social. As palestras são realizadas de acordo com o calendário elaborado pela Secretaria de Assistência Social e trazem ainda abordagens terapêuticas do usuário de drogas, atenção integral, abordagem psicossocial, rede comunitária e outros temas relevantes.

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Magistrada de Águas Lindas de Goiás participa de workshop sobre a Proteção Integral da Infância e Juventude em Brasília


(Foto: TJGO)
       A representação judiciária de Águas Lindas de Goiás cresce cada vez mais e, com isso, a população recebe serviços com mais qualidade. Na semana passada, a juíza Cláudia Sílvia Andrade Freitas, da 1ª Vara Criminal da Comarca local, participou de importantes debates sobre a Proteção Integral da Infância e Juventude, no auditório do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília. Houve ainda a participação de autoridades de todo o país no evento, entre estas o corregedor-geral da Justiça de Goiás, Walter Carlos Lemes, magistrados e servidores que atuam na área da Infância e Juventude no Estado de Goiás.
       O evento é voltado para juízes, promotores e servidores, além de pessoas que trabalham na área de adoção e acolhimento. Representando o Judiciário goiano, também estiveram presentes vários juízes que atuam com a Infância e Juventude no Estado de Goiás, como Maria Socorro de Sousa Afonso da Silva, diretora do Foro de Goiânia, Mônica Neves Soares Gioia (Goiânia), Stefane Fiúza Cançado Machado (Aparecida de Goiânia), Carlos José Limongi Sterse (Anápolis), Sílvio Jacinto Pereira (Itumbiara) e Wagner Gomes Pereira (Rio Verde).
       O evento em Brasília foi o quinto realizado em 2017. O primeiro workshop aconteceu em Maceió, nos dias 19 e 20 de abril, durante o XX Fórum Nacional da Justiça Juvenil (Fonajuv). O segundo foi realizado no Rio de Janeiro, nos dias 25 e 26 de maio, como parte do III Encontro Nacional da Justiça Protetiva. Em Belém, aconteceu o terceiro, nos dias 19 e 20 de junho. E o quarto foi promovido em Curitiba, nos dias 3 e 4 deste mês. 

Prefeitura de Águas Lindas oficializa a entrega do Projeto do Plano Plurianual 2018-2021 e da Lei Orçamentária Anual para 2018


      Por meio de sua Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento, a Prefeitura de Águas Lindas de Goiás enviou o Projeto de Lei do Plano Plurianual (PPA) 2018-2021 e o Projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) 2018 para a Câmara Municipal de Vereadores, nesta quarta-feira (30). Na Câmara, os projetos foram entregues ao primeiro secretário, Anderson Teodoro, e os vereadores terão até o dia 22 de dezembro deste ano para discutir o projeto, fazer as mudanças que lhes são permitidas e encaminhar ao Executivo municipal para seja feito o Decreto e a publicação final das Leis.
          A LOA é o instrumento final de planejamento, em que são fixados os gastos de acordo com os recursos previstos no orçamento do município, de acordo com a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018, orientada pelo PPA em questão.
         No Plano Plurianual são definidas as metas e ações para a resolução de problemas em um espaço de quatro anos. O tema deste PPA leva o nome “Águas Lindas 2021 – No Caminho do Desenvolvimento”. A elaboração do PPA foi feita em conjunto com as secretarias do município, agrupadas por Eixo Temático e as etapas de elaboração de cada secretaria consistiram no diagnóstico dos principais problemas a serem enfrentados, as estratégias, ações e metas.
       Os eixos temáticos utilizados na elaboração do Plano Plurianual foram o Eixo Espaço Urbano e Meio Ambiente (Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, Secretaria de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana, Secretaria de Meio Ambiente e Secretaria de Habitação e Integração Fundiária), Eixo Economia (Secretaria de Indústria, Comercio, Desenvolvimento Econômico e Cooperativismo, Secretaria de Agricultura e Secretaria de Cultura e Turismo) e o Eixo Governo e Gestão Publicas (Secretaria de Administração e Gestão de Pessoas, Secretaria de Relações Institucionais, Secretaria de Fazenda e Planejamento, Secretaria de Comunicação e Secretaria de Licitação, Contratos, Convênios e Suprimentos).


Hildo do Candango promove a capacitação de vigilantes e motoristas da Secretaria de Educação


       O prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango, conseguiu regularizar os serviços dos servidores motoristas e vigilantes, efetivando um grande número destes funcionários que antes eram contratados temporariamente. Após a lotação em suas devidas funções, a Secretaria de Educação promoveu de forma continuada constantes cursos de capacitação para estes servidores.
       Na última entrega de diplomas, 200 vigilantes e 20 motoristas foram qualificados em um curso de 60 horas de duração. “Com isso estamos melhorando a qualidade dos serviços prestados pelo município à coletividade”, justifica Hildo do Candango.
           Os cursos são coordenados pelo Departamento de Educação Continuada  da Secretaria de Educação e abrangem os conhecimentos em motivação, relações interpessoais, autoestima, assédio moral, segurança, vigilância patrimonial, patrimônio público, apresentação pessoal, comando e subordinação, disciplina e hierarquia, controle do acesso de pessoas, sigilo profissional, regras básicas de segurança, entre outros.     
       

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Ópticas Dinando 

 Desde 1988, prestando um bom serviço a população 

Ações de gestão do prefeito Hildo do Candango junto ao Ministério dos Transportes são constantes



Manutenção da BR-070
       O prefeito Hildo do Candango é considerado incansável na busca de benefícios para o município de Águas Lindas de Goiás. Em meio à crise, que atravessa o país e que afeta diretamente os cofres municipais, é primordial que as ações de gestão junto aos órgãos estaduais e federais sejam intensificadas para dar continuidade ao ciclo de progresso vivenciado pela população local.
       O Ministério dos Transportes é um dos principais órgãos visitados pelo prefeito na busca de melhorias para o transporte público e para a constante manutenção da BR-070 no perímetro que corta o município. Foi destas inúmeras visitas que o prefeito Hildo conseguiu a implantação de uma série de redutores de velocidade trazendo segurança para os usuários da via.
        A diminuição da velocidade em trechos com alto risco de acidentes, fez os índices de acidentes fatais despencarem. Outra grande conquista que auxiliou neste processo foi a implantação do sistema de iluminação pública de toda a via, resultado da parceria com o Governo de Goiás.
       Outra destas conquistas foi a aplicação de um novo recapeamento do trecho que se iniciou na Morada da Serra e se estenderá pelos 17 Km do perímetro urbano nas três pistas. A empresa contratada pelo DNIT está realizando a recuperação de trechos que apresentam fissuras e deformidades que estão sendo corrigidas com o tratamento e a aplicação de uma nova capa de 4 centímetros tornando a via mais segura. Outra medida que também está sendo solicitada pelo prefeito é a autorização para a construção de estacionamentos na área de domínio do DNIT. A proposta do prefeito e que a Prefeitura realize a confecção dos projetos para esta demanda originaria dos estabelecimentos instalados às margens da BR-070 que sofrem com a falta de vagas de estacionamentos. O pedido está sendo analisado pela área técnica do órgão.
Hildo do Candango priorizou a assistência epidemiológica no município


       O prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango, é reconhecido como o melhor gestor municipal de Goiás pela sua atuação firme e transparente nas ações públicas que beneficiam diretamente a coletividade. Durante o seu primeiro mandato, Hildo implantou vários programas nas áreas específicas da administração, como por exemplo, na das atividades epidemiológicas.
       O Núcleo de Vigilância Epidemiológica (NVE) trabalha com três grandes bancos de dados nacionais, continuamente alimentados: o Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), o Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos (SINASC) e o Sistema de Informação sobre Agravos de Notificação (SINAN). O NVE realiza diversas visitas domiciliares aos pacientes que foram notificados por diversos tipos de agravos dentre eles a dengue, hepatite, sífilis, para coleta de material biológico e investigações epidemiológicas, entre outros.
       O Núcleo de Vigilância também é o responsável pela vacinação da comunidade residente na zona urbana e rural. Neste ano, já foram imunizadas 100% de crianças menores de 1 ano de idade na vacinação de rotina. “Ao analisarmos estes dados, verificamos a alta cobertura na vacina BCG, poliomielite, meningocócica, febre amarela. Isso se deve ao fato das estratégias do Programa Saúde da Família para realizar o acompanhamento de Crescimento de Desenvolvimento (C.D) e assim acompanhar de perto o calendário básico de vacina até um ano de idade”, diz o subsecretário de Saúde, James Farias.
Programa Amparando Filhos chega à comarca de Águas Lindas de Goiás




     Mesmo sem unidade penitenciária feminina, Águas Lindas de Goiás é a terceira comarca do Estado de Goiás em número de crianças e adolescentes com mães presas. As detentas originárias do município cumprem pena em Luziânia, mas a cidade abriga, também, filhos de reeducandas de várias outras localidades, incluindo do Distrito Federal e Entorno. Para atender a esse público, foi instalado o Programa Amparando Filhos na última sexta-feira (25).
       A intenção é proteger integralmente os menores de idade, separados de suas mães encarceradas, de modo a fornecer amparos material e psicológico para evitar a repetição da história familiar marcada pelo crime. “Em Águas Lindas de Goiás, há, praticamente, 6% de toda a quantidade numérica de filhos de presas no Estado, o que representa mais de 100 crianças de mães encarceradas. Na frente da comarca, estão apenas Goiânia e Aparecida de Goiânia”, detalhou o idealizador e coordenador executivo do Programa Amparando Filhos, juiz Fernando Augusto Chacha Rezende, titular de Serranópolis.
       Em todo o território brasileiro, segundo relatório divulgado pelo Ministério da Justiça, em 2015, 33.289 mulheres cumpriam pena em regime fechado. Em Goiás, segundo pesquisa realizada em outubro de 2016, pelo Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), há, hoje, 674 mulheres presas, destas 529 são mães, com um total de 1.327 filhos. De acordo com os resultados obtidos pelo programa referentes a 2015/2016, no Estado de Goiás, na ausência da mãe, os filhos têm permanecido, até seu retorno, com os avós (57,3%), seguido dos pais (16,9%) e tios (7,7%). Contudo, situação de risco apresentada pelos apontamentos foram as crianças/adolescentes que estão vivendo nos acolhimentos, ou ainda em situação de maior vulnerabilidade: internados diante do cometimento precoce de atos infracionais.
       Diante desses dados, o relatório observa que é plenamente possível que mães presas apenas reencontrem seus filhos já adultos. Neste sentido, a pesquisa extraiu que mais da metade das crianças (55,9%), na faixa etária até 10 anos, está privada dos cuidados maternos primordiais de quem, aliás, dependeriam. A pesquisa revela, também, que quase metade (46,77%) das mães encarceradas em Goiás nunca recebeu visita de seus filhos ou de seus familiares.
       A solenidade de implantação do Programa Amparando Filhos contou com a participação do diretor do Foro local, juiz Luiz Flávio Navarro, da juíza Cláudia Sílvia de Andrade Freitas, lotada no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), da promotora de Justiça da comarca, Denise Nóbrega Ferraz Neubauer, do vice-prefeito da cidade, Luiz Alberto Jiribita, e do presidente da  Câmara de Vereadores de Águas Lindas de Goiás,  Rogemberg da Silva Barbosa, entre outras autoridades do município, servidores do Judiciário da região e parceiros do programa. (Texto: Lílian de França/Fotos: Wagner Soares - Centro de Comunicação Social do TJGO).